22 de fevereiro de 2011

Liberte-se

Autor: Renan Rodrigues Gonçalves

O que será realmente uma revolução ? Grande parte da população mundial, luta por um governo honesto e que passe a liberdade ao povo e etc.. Mas quando isso se torna mera ilusão, o tal "governante" se torna um ditador, as pessoas vão as ruas fazer protestos e correm atrás de uma revolução, lutando pelo seus direitos. Quando as pessoas estão em frente ao parlamento, gritando, mostrando placas, enfim, um protesto, o que será que o ditador vai fazer ? Obviamente ele vai chamar o exército e mandar atacar o povo, e o que vai acontecer ? O povo vai reagir, vai atacar e nós vamos criando mais violência e ódio entre nós mesmos e acabamos dando mais poder para eles. Agora, você acha mesmo que esse seria a forma certa para se fazer uma revolução ?

A verdadeira revolução, começa em casa, na mudança da mente, dizendo não ao sistema de controle ( The Big Brother ), ignorando o preconceito, não ser individualista, não aceitar a informação que a mídia passa, sermos nós mesmos, expressarmos nossas opiniões, olhar para nós mesmos e o mais importante ser feliz.

O sistema de controle deles é simples, fazer o ser humano achar que é livre mas não é. Eles querem deixar cada vez mais as pessoas confusas e transformar elas individualista através, da religião, times de futebol, passando medo e com isso ganhando mais controle... ou seja, transformar a sociedade hipócrita e egoísta.

Vamos libertar nossas mentes, libertar nossas mentes do medo, libertar nossas mentes do que fomos conduzidos a acreditar que as escolas são a verdade sobre tudo, ela não está lá para esclarecer do que realmente é por de trás dos bastidores, a função dela é fazer com que o ser humano seja um bom escravo no futuro. Libertar nossas mentes dos absurdos dos reality show "EEI VAMOS VER QUEM VAI GANHAR O BBB11", Libertar nossas mentes dos telejornais que só sabem passar medo e mentira, onde eles só mostram o que eles acham que nós devemos saber, libertar nossas mentes dos políticos que só dizem que são a mudança, eles só são mais um marionete onde ele é controlado pelas mesmas pessoas que controlam os antigos presidentes, libertar nossas mentes dos falsos ataques terroristas, armados para passar medo as pessoas, isso não passa de um plano problema-reação-solução.

Enfim, liberte-se do controle, seja você mesmo, não tenha medo do que as pessoas vão pensar de você, "saia da pequena caixa". Seja a mudança que você quer ver no mundo. O mundo muda a cada atitude sua, crie sua realidade e não a realidade que eles querem que você crie.

Amor gera Amor, Ódio gera Ódio

http://3.bp.blogspot.com/_vPcV0n6wvy8/ScmroTc-8zI/AAAAAAAABMo/n1IVhCzXa-A/s400/FELICIDADE.jpg

"Uma noite, um velho Cherokee contou ao seu neto sobre uma batalha que acontece dentro das pessoas. Ele disse: - Meu filho, a batalha é entre dois 'lobos' dentro de todos nós.

Um lobo é mau: é o ódio, a raiva, a inveja, o ciúme, a tristeza, o desgosto, a cobiça, a arrogância, a pena de si mesmo, a culpa, o ressentimento, a inferioridade, as mentiras, o orgulho falso, a superioridade e o ego.

O outro, o lobo bom é a Alegria, a Paz, a Esperança, a Serenidade, a Humildade, a Bondade, a Benevolência, a Empatia, a generosidade, a Verdade, e a Compaixão.

O neto pensou naquilo por alguns minutos e perguntou ao seu Avô: - Qual o lobo que vence?

O velho Cherokee simplesmente respondeu: - O que VOCÊ ALIMENTA."



Santos, 22 de fevereiro de 2011


18 de fevereiro de 2011

Noosfera-Teia Global

Créditos do Blog: Laura Botelho
"As verdades de que menos gostamos são muitas vezes,
aquelas de que temos mais necessidade de saber.”
Provérbio chinês


Perguntaram a um Pajé, xamã americano de 101 anos:

- O que você faz? Ele disse:
- Eu ensino meu povo.
- O que você ensina?
- Quatro coisas, ele respondeu:
Primeiro, a escutar;
Segundo: que tudo está ligado com tudo;
Terceiro: que tudo está em transformação;
Quarto: que a terra não é nossa, nós é quem somos da terra.

Noosfera - do grego ("nous") = "mente" + esfera.
Teilhard de Chardin cunhou esse termo – noosfera, como sendo o terceiro estágio evolutivo do planeta Terra, depois da Geosfera = matéria inanimada – e a Biosfera = a vida biológica.

Assim a vida se originou na Geosfera e conseqüentemente levando ao surgimento da cognição humana coletiva transformando-a em Biosfera.

Já a Noosfera pode ser entendida como o mundo das idéias, formada pelo espírito (mente), por produtos culturais, linguagens teóricas, informações além dos 5 sentidos.

Retroalimentamos positivamente ou negativamente
a noosfera quando pensamos e emitimos emoções

A Noosfera se faz nesse momento presente por um evento que acelera o pensamento - a internet, a web, comunidades móveis que ignoram a separação imposta pela distância (física), e o tempo.

Estamos conectados e acessíveis o tempo todo aumentando os eventos com sincronicidade que reforça padrões do campo de energia - a singularidade – a unidade coletiva de consciência.

Estamos mais ligados (conscientemente) uns com os outros do que em qualquer momento da história da humanidade – uma ligação que mantém células atentas a qualquer mudança no ambiente – tanto no Macro quanto no Micro ambiente.

Eventos, acontecimentos – pequenos ou grandes - não estão mais no domínio do espaço e tempo específico, pois em poucos segundos podemos ter as mesmas emoções que alguém em loco, assistindo a um jogo de futebol, um assassinato ou a uma erupção de um vulcão no Japão, por exemplo.

A Sincronicidade aliada à coerência global se torna mais evidente a cada dia com o aumento do nível de consciência individual e coletiva que se alastra pelo planeta.

É impossível dete-la
O que?
A informação!

Todo Universo vibra e manifesta sua massa numa determinada freqüência.

Cientistas já sabem que a existência de vários universos paralelos ou “planos” (como queiram), estariam separados apenas por códigos de freqüênciavibração coerente com cada estágio. Pesquisem a Teoria das cordas.

A união desses universos se faz através
de buracos negros

Na verdade, tudo faz crer que os nossos irmãos extraterrestres têm o conhecimento de como decodificar essas freqüências dos diversos planos, interligando-os e tornando o tempo e as distâncias inexistentes.

Não é de se admirar que podem estar presentes em tempos remotos na história da humanidade e voltar ao nosso tempo presente a seu bel prazer.

Somos brinquedinhos da ignorância, manipulados por conceitos e tecnologias que não são tão impossíveis de existir como imaginamos, e nem tão pouco desafiam as leis da Física.

Eles simplesmente as compreendem e as manipulam com coerência e conhecimento, assim como enganamos aos índios, as crianças e pessoas humildes por tanto tempo...

Conhecimento é poder!

Nesse trajeto a que estamos estudando, podemos verificar que as vibrações são responsáveis por essa passagem para outros mundos dos quais não podemos ver, apenas intuir. Devemos entender de uma vez como as freqüências podem ser manipuladas e arranjadas de forma a nos transmutar em energias melhores e positivas.

A polaridade pega carona e reforça uma crença.
Preste atenção a isso!

Os que só vêem horror – só verão horror, dor, sofrimento em tudo e encontrarão seus pares, atrairão fantasmas moribundos para seu foco, pois estarão na mesma FREQUENCIA VIBRATORIA.

Guerras – crises financeiras – falta de alimentos, medicamentos, moradia, descerão o ralo do inferno com seus Egos respectivos. A vibração da necessidade material é a tônica aqui.

Imediatamente oposta será a compreensão daqueles que intuirão que não há mais espaço para velhos rituais e conceitos materialistas de pensamentos como:

“Oh, meu Deus, perdi tudo que eu lutei para conseguir!”
“Oh, meu Deus, me ajude a ter minhas “coisas” de volta”
“Deus é meu “pastor” e nada (??) me faltará!”
“Se Deus quiser, ele há de nos ajudar!”

Pérolas como essa ouço a todo instante.
Essa visão de auto-satisfação de um mundo particular, ao contrário do coletivo, deverá ser extinto com certeza a seu tempo.

Essa compartimentação das espécies em grupos distintos – ricos (poderosos) e pobres (subjugados) - separando-os fisicamente por Continentes, fronteiras, muros e distanciando-os uns dos outros através de diferentes linguagens verbais e não verbais para inibir a comunicação entre eles foi, uma estratégia de mestre, mas que não encontra mais eco na atual conjuntura.

A comunicação via internet – teia global – destruiu essa tese, ou pelo menos bagunçou a ordem das coisas onde reinava a tendência do ceticismo excessivo ou a excessiva credulidade – cada um defendendo o seu ponto de vista, uma perda enorme de energia, dando continuidade ao lento e arrastado progresso evolutivo humano.

Tolos perdem tempo discutindo quem está certo e quem está errado e eles ganham com isso...

Acredito que a única forma de alcançar a informação que melhor nos atenda é nunca ter medo de expo-la, e a disponibilizando antes de outros interesses, tais como prosperar a partir do sistema, obtendo uma posição de prestígio na sua comunidade etc etc

Devemos projetar a imagem real e nos perguntar – o que está por trás da defesa veemente de uma “tese”? Eu (Laura) tenho um objetivo, e se ele for negativo, logo, logo irão descobrir – não há mais tempo para enganos...

Não importa como se diz – o objetivo é apenas dizer honestamente o que se pensa. Eu estou exercendo esse sentimento quando pesquiso e traduzo o meu ponto de vista para quem lê meus textos!

Não há “verdade” neles, apenas informação! A “verdade”, o certo ou o errado, cada um conceituará a sua realidade encontrando sua melhor vibração.

Gente...
Estamos a alguns passos de uma mudança radical de todos os padrões profundamente enraizados em todo o sistema do conhecimento humano, envolvendo direta e fundamentalmente a natureza e qualidade das aplicações envolvidas nela, e não digo isso apenas num âmbito “subjetivo” ou superficial – pois vamos sentir na carne!!!

O papel da Noosfera é ajudar a eliminar as "manipulações, erros e omissões" por parte das autoridades hierárquicas e para aumentar a "consciência coletiva" a atingir - através da internet mundial - o progresso espiritual interior que é a base de tudo – a nossa identidade, realidade.

Não há seres bons ou maus
Todo comportamento tem uma intenção positiva


O surgimento Noosfera foi natural, e objetiva transformar tudo o que entra em contato com conosco dando uma outra “realidade” que não a dos 5 sentidos.

Foi um “balão” que a natureza encontrou para falar diretamente com nosso EGO – nosso consciente adormecido e hipnotizado.

Na internet não há ricos, pobres, cor, credo, mentes brilhantes, astros, beleza, incapacidade, imobilidade, talento ou qualquer outro adjetivo próprio de generalizações e separações elitistas.

Estou trocando informações com David Icke, David Wilcock, Amit Goswami, Jaime Maussan, Karry Cassid, Lynne Mctaggart, Nike Pope, Richard Bauval, Gregg Braden, Alex Jones, Nassim Haramein no Facebook – em tempo real!

Você pode imaginar isso? Assim como outros tantos líderes e astros da mídia que não teríamos contato de jeito nenhum! Um conhecimento que ficava restrito a uma classe, a um grupo de entidades à margem da população “comum”.

A rede coloca a todos no mesmo “campo de energia universal”, assim que um tem conhecimento de algo, é passado em questão de segundos a zilhões de pessoas em todo o globo! Em qualquer língua, a qualquer tempo, tanto através de vídeos, quanto textos.

Será que vocês entendem a grandiosidade desse fenômeno? Não há julgamentos necessariamente, apenas INFORMAÇÂO! Todos buscam aquilo que compartilha de sua crença ou não!
A Noosfera é a mente coletiva unindo em um só tempo e interação partilhando a mesma emoção – vibração.

Em astrofísica, a Singularidade é um ponto no espaço-tempo em que as forças gravitacionais fazem a matéria ter densidade infinita e volume infinitesimal.

Para nós, sentir a presença dessa Singularidade torna-se evidente que as coisas estão acelerando mais e mais rápido. Estamos descendo o ralo!!

A Singularidade tem um potencial maravilhoso em nossas vidas, mas que carrega com ela acontecimentos que para muitos é desestabilizador - "Caos Total". Muitos que não estão preparados para a flexibilidade e criatividade em lidar com essas mudanças vão perecer prematuramente.

O ponto “X” da Singularidade será alcançado quando todas as tendências de inovação científica e tecnológica saírem do controle no nível humano, ou seja, elas se mudarão para além do nosso horizonte de eventos, e nesse momento não poderemos mais acompanhar quaisquer lógicas lineares anteriores ou entendimento baseado na razão para compreender os seus efeitos combinados. Deu para entender?

Estamos próximos de confirmar na prática
a Teoria das Supercordas

Essa teoria nos diz que todas as partículas possuem a mesma natureza, diferenciando-se apenas pela freqüência em que vibram.

As naves extraterrestres são máquinas impressionantes que conseguem atingir uma velocidade jamais alcançada por nossos aviões na atmosfera. Elas também têm capacidade de mudar de direção instantaneamente, bem como reduzir sua aceleração a zero e retornar à velocidade original em segundos.

Entretanto, mesmo com essa impressionante performance, não são máquinas milagrosas que desafiam as leis da Física, mas as obedecem habilmente...

O planeta Terra funciona como um verdadeiro gerador de corrente contínua que flui em um único sentido, sendo que onde há eletricidade existe também o magnetismo - e essa dinâmica está para cessar no ponto zero


Professor Brian Josephson, um físico ganhador do Prêmio Nobel da Universidade de Cambridge, diz algo a respeito da acelerada evolução tecnológica a que estamos sendo levados nessas ultimas décadas com a seguinte frase:

"Até agora, a evidência parece convincente. O que parece estar acontecendo é que a informação vem do futuro. "Na verdade, não está claro na física porque você não pode ver o futuro. Em física, você certamente não pode excluir totalmente esse efeito” "Eu acredito que nós podemos ver o futuro, simplesmente não temos ainda estabelecido o mecanismo que permite que isso aconteça”

Na Física, a fórmula dos grandes cientistas, explica como funciona o mundo permitindo que a informação flua tanto para trás quanto para frente no tempo. Isso nos remete a outra característica - que muitos duvidam que possa ser possível – própria dos seres humanos, mas que não é levada a sério pela ciência manipuladora – como o caso da premonição.

A Premonição significa uma sensação ou advertência antecipada do que pode acontecer sem uma referencia, um fato que dê respaldo a esse pressentimento.

Por volta de 1.700 a.C - os babilônios foram os primeiros a interpretar e respeitar os sonhos e as ações premonitórias – e a Igreja Católica aceita esse efeito premonitório como sendo a “maneira em que Deus” mostra os fatos que ocorreriam no futuro...

Ter uma premonição muitas vezes está na capacidade de entrelaçar o nosso inconsciente com o inconsciente de outro indivíduo ou de um grupo onde estão contidas todas as informações do passado, presente e futuro.

É importante saber diferenciar a premonição verdadeira de um aprendizado inconsciente diante de um acontecimento anterior, ou seja, se você teve a experiência na infância de levar um choque ao estar descalça no chão molhado, é provável que evite pisar no molhado sem sapatos ao acender um interruptor, pois isso poderá resultar novamente num choque como antes. Isso é um aprendizado e não uma premonição.

Alguns pesquisadores designaram os fenômenos premonição, intuição e previsão usando a abreviatura PES (percepção extra-sensorial). São eventos com a mesma característica. Também estão inseridas na PES, a telepatia e a clarividência.

Se você pressentir algum acontecimento grave, ou até mesmo ter um sonho desses “reais” anote-o ou envie para um amigo. Isso pode ajudar bastante na compreensão de muita coisa que ainda não estamos vendo.

Intuição vem do latim Intuitus particípio passado de IN-TUERIque significa “um olhar, uma consideração”, "ver interiormente", “avaliar”, TUERI, “olhar, vigiar” - nos deu também a palavra “tutor”

Muitas histórias são contadas sobre sensações estranhas ante a um evento catastrófico, do tipo 11 de setembro. Mas uma pesquisa revelou que muitos dos sobreviventes desse episódio relataram uma mudança repentina nos planos na última hora após sentimentos vagos de desconforto.

“Coincidência” ou não, todos os aviões seqüestrados estavam com a metade do número normal de passageiros para aquele horário.

O problema com o pressentimento é a carga de misticismo que ele carrega o que faz pareçer tão nebuloso que não possamos confiar nele para tomar certas decisões, mas há uma quantidade imensa de casos em que as pessoas lamentam que gostariam de ter ouvido os seus sentimentos premonitórios ou pressentimentos no momento em que ocorreu.

Bom, essa foi a minha dica de hoje. Um pressentimento pelo o que está por vir.
E o que está por vi? Mudanças... muitas mudanças...

Laura botelho

Colapso econômico - Preparado?

Créditos do Blog: Liberdade Mental

Este vídeo é de um morador de Dallas (USA) que está alertando a situação local. Relatando que a comida está sumindo das prateleiras e que também ocorrem apagões constantemente. Bom, o resto prefiro não comentar, acho que cada um deve interpretar como achar melhor - veja o vídeo.

Obs: Caso a legenda não aparecer, ative no CC

14 de fevereiro de 2011

Nós Criamos Nossa Realidade..

Autor: Renan Rodrigues Gonçalves

O preconceito, é um assunto complicado de entender, é uma coisa sem sentido que acontece mesmo antes da 2º Guerra Mundial. Exemplo: O que será que se passa na cabeça de um nazista ? Será que ele pensa que de uma raça especial ? Que ele é superior á um judeu ? Realmente é uma coisa que para algumas pessoas é difícil de compreender.

Ninguém é melhor que um ou outro, somos todos iguais, seres humanos, somos uma só conciência. Onde nós criamos nossa realidade. A maioria das pessoas é manipulada, um exemplo disso é a 2º Guerra Mundial, Hitler disse que a "raça branca" é a especial, disse que os judeus eram perigosos e ordinários. Elas são manipuladas através do medo e uma sensação para se desligar da infinitude e de todo o amor.

Quanto mais as pessoas se acham que são melhores que as outras só pela sua raça, religião e etc.. mais ela cria esse sentimento de ódio dentro da sociedade. " Eu sou melhor que ele, vamos ficar longe dele ele é um judeu" Se você pensa assim, isola-se da infinitude que você e tonar-se apenas uma fração do que realmente é. E não é só do termo preconceito, é tudo, é o mundo em que você vive, nós criamos aquilo que nós queremos, se nós criarmos um sentimento de preconceito, ódio e ignorância mais isso vai lhe consumir e a nossa sociedade se torna hipócrita e egoísta. Agora, se você nós criarmos um sentimento de amor, amizade, lealdade e paz, a partir desse momento sua vida muda, seu "eu" muda.

Eu sou a realidade, Ele é a realidade, Você é a realidade, Nós somos a realidade que nós queremos. Não podemos ter o medo de nós nos expressarmos, não podemos criar essa realidade de medo " O que os outros vão pensar de mim ?" O que será que minha mãe vai dizer ?" Não importa o que os outros vão dizer ou pensar de você, seja você mesmo. Quando começamos a pensar que os outros são diferentes, vamos estar errados, então nos achamos numa situação que onde quem quer que define as regras da sociedade controla o mundo. Porque somos nós que policiamos a nós mesmos.

Liberte-se desse medo, seja de qualquer coisa, somos quem realmente somos, criamos nossa realidade, expressar nossa verdade ESSA É A REVOLUÇÃO!

Nada de armas, bombas, sangue, confronto entre violência e violência, ódio com ódio. O que nós vamos ganhar com isso ? Só vamos ganhar o dobro do ódio e da violência. NOSSA QUE REVOLUÇÃO! A libertação de tudo é a revolução defintiva, sermos quem realmente somos e não o que os outros acham que devemos ser.

http://i.olhares.com/data/big/237/2373261.jpg


"Toda a matéria somente é energia condensada a uma vibração lenta. Então nós somos todos uma consciência que se experimenta subjetivamente. Não há nenhuma tal coisa como a morte. A vida é só um sonho. E nós somos a imaginação de nós mesmos." - Bill Hicks


Santos, 14 de fevereiro de 2011


Abraços e Obrigado!

10 de fevereiro de 2011

Egito: saída de Mubarak poderá estar por horas

Matéria Retirada do Site: ProvaFinal

http://previous.presstv.ir/photo/20110130/golinejad20110130170331607.jpg


A saída do presidente Hosni Mubarak do poder no Egito poderá estar mais perto do que se pensava. O secretário-geral do partido do presidente, o NPD, disse à BBC que Mubarak atenderá às exigências do povo egípcio «em breve».

Ao 17º dia de manifestações anti-regime no Egito, o responsável do NPD disse à cadeia televisiva britânica que o vice-presidente Omar Suleiman deverá suceder a Mubarak na presidência do país.

Também o primeiro-ministro do Egipto, citado pela BBC, disse que a saída de Mubarak estava a ser discutida.

Já a agência Reuters diz que «esta noite» Mubarak deverá passar o poder para os militares. «Tudo o que desejam vai concretizar-se», adiantou uma alta patente do exército. Testemunhos dizem que o exército deverá fazer uma declaração esta noite.

Entretanto, continuam as manifestações no centro do Cairo, com milhares de pessoas a pedirem a demissão do actual presidente na praça Tahrir. Vários médicos, estudantes de medicina, motoristas de transportes públicos, advogados e operários têxteis aderiram à greve marcada pelos sindicatos, exigindo melhores salários.

Estima-se, ainda, que cerca de 20 mil operários fabris estejam em greve em todo o Egito. A Bola

O Povo venceu ? Talvez não, vamos ver este trecho, do blogue Informação Incorrecta (que não gosta nada dos reptilianos ), de terça-feira:

http://s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2011/02/02/omar-suleiman-okok.jpg

O meu ponto de vista? Eu prefiro a explicação do artigo anterior: acho que a ganância dos bancos ocidentais é mais do que suficiente para explicar a actual situação.
Mas como? Acabei de publicar uma lista que demonstra como os Estados Unidos estivessem a preparar uma revolução e agora digo que não é verdade?

Omar Suleima
Não digo que não seja verdade, pelo contrário: penso que os Estados Unidos sempre gostaram de fazer jogos duplos. Ao despoletar duma crise, eis que Washington pode sempre afirmar perante os revoltosos: mas nós sempre estivemos ao vosso lado. É o que está a acontecer.

Além disso, a crise no Norte de África é uma crise regional. Por enquanto não ultrapassa a África do Norte e temos só um País (a Jordânia) no Médio Oriente. Nada de global.

E as reações de Washington são também elucidativas: o candidato proposto para presidir a fase de transição é Omar Suleima.
Omar Suleima??? Mas os leitores sabem quem é este fulano?

Procurem na Internet.

Omar Suleima sempre foi o braço armado de Mubarak, o braço mais violento e sanguinário, chefe da organização que utiliza a castração dos presos políticos.
Este indivíduo, segundo os Estados Unidos, deve representar o Novo Egipto.

Está tudo dito. Ler artigo completo

Bem, ao que tudo indica, mas uma vez os EUA vão levar a melhor.

Alguns dizem que Deus está na Casa Branca,… começa a fazer mais sentido a expressão “seja feita a vossa vontade“…

Gripe A: Casos de narcolepsia em crianças vacinadas preocupam a OMS

Matéria Retirada do Site: ProvaFinal

http://gaetanpelletier.files.wordpress.com/2009/10/h1n1dees-needles.jpg

Genebra – O aumento de número de casos de crianças vítimas de narcolepsia depois de serem vacinadas contra o vírus da Gripe A, levou a Organização Mundial de Saúde (OMS) a intensificar as investigações para determinar a relação exacta entre os casos da doença e a vacinação contra a gripe, tanto com a vacina Pandermix ou com outra.

De acordo com informação avançada pela OMS, desde Agosto do ano passado, registaram-se casos de narcolepsia em 12 países em crianças e adolescentes que tinham sido vacinados contra a gripe A, mais especificamente com a vacina Pandemrix.

Os casos foram mais frequentes na Suécia, Finlândia e Islândia, segundo a organização, que fez o anúncio uma semana depois das autoridades finlandesas terem revelado suspeitas de que a vacina Pandemrix do laboratório GlaxoSmithKline (GSK) teria contribuído para a multiplicação súbita de casos de narcolepsia entre crianças e adolescentes do país em 2009 e 2010.

Segundo o estudo finlandês, entre 2009 e 2010, foram diagnosticados 60 casos de narcolepsia entre crianças e adolescentes finlandeses, com idades entre os 4 e os 19 anos. Deste total, quase 90% tinham sido vacinados com a Pandemrix. Esta conclusão levou as autoridades sanitárias finlandesas a interromper a utilização desta vacina de forma preventiva até determinar os eventuais efeitos secundários

No entanto, apesar das suspeitas, a OMS anunciou que a Pandemrix continua na lista das vacinas a serem administradas contra o H1N1. Assim como em Portugal a Direcção Geral de Saúde também mantém a recomendação de vacinação. «Uma vez que a associação entre a vacina Pandemrix e a narcolepsia não está provada e que o benefício de vacinação é superior ao risco de adquirir narcolepsia, a DGS mantém as Orientações de vacinação para a época gripal 2010/2011», refere, em comunicado a DGS.

A narcolepsia é um distúrbio que se caracteriza por acessos súbitos e irresistíveis de sono profundo, que podem acontecer a qualquer momento, em qualquer situação. Jornal Digital

Zombificar ainda mais a população ! : -)

http://www.clickthecity.com/img2/articles/CTC-1696-image5.jpg

8 de fevereiro de 2011

Passe agora um antivirus em seu cérebro

Créditos do blog O despertar de uma Alma
Via: Blog Wake Up

http://1.bp.blogspot.com/_0soCL5j66OQ/TU2soVZfHOI/AAAAAAAADOA/6u9aNj6Nqxw/s1600/cereb.dir..jpeg

As pessoas andam muito preocupadas com os vírus nos seus programas de computador, mas esquecem-se que há certos tipos de pensamentos automáticos que provocam verdadeiras panes nas suas próprias mentes.

Se detectar algum desses vírus, delete-o (apague-o) imediatamente:

Vírus 1: Pensamento sempre/nunca: Esse vírus ocorre quando você pensa que alguma coisa que aconteceu vai SEMPRE se repetir, ou que você NUNCA vai conseguir o que quer. Variantes do vírus: Ele SEMPRE me diminui, ninguém vai telefonar para mim, Eu NUNCA vou conseguir um aumento, Todo mundo se aproveita de mim, meus filhos NUNCA me ouvem. Quando você perceber este vírus, delete-o usando os programas da sua consciência.

Vírus 2: - Vírus do negativismo: Ocorre quando seus pensamentos reflectem apenas o lado ruim de uma situação e ignoram qualquer parte boa. Delete-o com o programa optimismo.

Vírus 3: -Vírus de prever o futuro: Esse terrível vírus ocorre quando você prevê o pior resultado possível de uma situação. Ele provoca um colapso em suas iniciativas, fazendo-o desistir antes de tentar. O antivírus para este é cair na real. Afinal, se você pudesse prever o futuro, seria um bilionário da lotaria agora.

Vírus 4: -Vírus de leitura das mentes: Este vírus está agindo sempre que você acha que sabe o que as pessoas estão pensando, mesmo que elas não lhe tenham dito nada. O antivírus é lembrar que já é meio difícil ler a própria mente, quanto mais a dos outros.

Vírus 5: -Vírus pensar com sensações: Estes vírus em geral te infectaram em alguma situação desagradável no passado. Agora, situações semelhantes vão provocar pensamentos negativos: " Eu tenho a sensação que isso não vai dar certo "... Simplesmente DELETE O BICHO!

Vírus 6: -Vírus da culpa: Substitua palavras como: eu deveria, eu preciso, eu poderia, eu tenho que... por: Eu quero, eu vou, eu posso fazer assim... Não fique centrado no passado. Use o "antivírus momento presente".

Vírus 7: -Vírus rotulação: Sempre que esse vírus coloca um rótulo em você mesmo ou em outra pessoa, ele detém a sua capacidade de ter uma visão clara da situação: Variantes - Tonto, frígida, arrogante, irresponsável e mais de um milhão de rótulos auto-instaláveis. O rótulo generaliza, transformando a realidade das pessoas em imagens virtuais de sua imaginação infectada. O melhor anti vírus para ele é o "ampliação da consciência.exe".

Vírus 8: -Vírus da personalização: Esse faz você levar tudo para O lado pessoal. Exemplo: Quando alguém passa por você de cara amarrada e não te cumprimenta, o vírus faz CRER que a pessoa certamente está com raiva de você. A "expansão da consciência.exe" deleta muito bem este tipo de vírus.

Vírus 9: -Vírus culpar os outros.exe: É o pior de todos os vírus do pensamento! Ao culpar automaticamente os outros pelos problemas da sua vida, este vírus o torna impotente para responsabilizar-se pelo próprio destino. Incapaz de mudar qualquer coisa. Use o "antivírus da
Auto-estima" e pare de projetar nos outros as suas próprias culpas

EU AMO VOCÊ...
VOCÊ É MEU AMIGO...
VAMOS SORRIR JUNTOS...
COMO VAI VOCÊ?...
UM CARINHO"…

Autor desconhecido
Fonte original:http://eveoneven.blogspot.com

Relacionamentos superficiais nos dias de hoje

Créditos do blog Libertando Sempre

http://3.bp.blogspot.com/_Z2d4qrdE5Xs/TU7q_hjIMgI/AAAAAAAAAkk/uHH3EuRFvDs/s1600/relacionamento1.jpg

É visível nos dias de hoje a superficialidade nos vínculos afetivos. Não se cria laços profundos e acaba-se por não viver experiências afetivas de qualidade, seja com filhos, pais, cônjuge, namorados, amigos. A superficialidade aparece no "ficar" dos adolescentes, pode estar também nos altos índices de divórcio, separações e , talvez, no aumento das relações não oficializadas que existem hoje em dia, como o "morar junto" ou nas várias outras formas de união.

Existe sim uma abertura social, que por um lado é positiva, que favorece a todos nós, oferecendo novas possibilidades nas várias configurações parentais e familiares, nos vínculos afetivos, enfim... Temos portanto maior liberdade para escolher como queremos nos relacionar. Por outro lado, será que não estamos perdendo algo de bom nesta mudança?

Indo mais a fundo, cada um de nós tem motivações, não conscientes, em cada escolha que fazemos a todo momento. E nem sempre escolhemos o que seria o melhor pra nós.
E mais sério ainda, muitas vezes percebemos que nunca somos felizes achando que seria por simples falta de sorte ou carma. No universo profundo de nosso psiquismo, sentimos que queremos um relacionamento profundo e salutar, e mais do que isso, que precisamos disso, é uma necessidade. Entretanto nunca conseguimos um relacionamento como idealizamos, e nos frustramos com isso, perdendo a esperança.

"- Ah! Eu não dou sorte no amor, não adianta... "
No cerne desta questão, pode estar uma atitude auto-sabotadora não consciente que faz com que não criemos vínculos fortes com as pessoas, e acabamos por jogar a culpa nos outros.
Uma forma de narcisismo mesmo, o qual não aceitamos. "Não confio nas pessoas, ninguém é confiável. "Atrás desta atitude, pode existir um medo de "revivenciar" algo de ruim, vivido em algum lugar do nosso passado e, assim, não nos vinculamos para afastar a possibilidade de sentirmos a angústia novamente. Mas por outro lado, pode ser apenas uma forma de nos desviar de possibilidades de vínculos mais fortes.
É como se algo de muito ruim que foi vivenciado anteriormente, ficasse gravado na nossa memória, escondido, e retornaria em situações parecidas, nos fazendo sentir a ansiedade e o medo de reviver aquilo. Assim, sem saber (racionalmente) estamos muitas vezes nos afastando do que queremos realmente, ou seja, um vínculo bom, forte e de qualidade.

Como exemplo, podemos pensar numa pessoa que tenha tido alguma experiência de traição e que agora, como defesa, não se aprofunda no vínculo emocional e afetivo em outro relacionamento, pois está sempre esperando que a traição aconteça novamente. É a ansiedade (defesa da natureza) que sentimos por nos aproximarmos de algum perigo. Ou ainda, a "crença" introjetada na infância de que "casamento não dá certo", por experiências dolorosas vivenciadas ou mesmo testemunhadas do fracasso no relacionamento dos pais.

Frases como: "Casamento é utopia", "Nenhum homem (ou mulher) presta!" ou "casamento é instituição falida", delatam que existem regras, leis, que regem algo de simbólico em nosso subconsciente e consequentemente influenciam nosso modo de pensar e de agir. São as crenças arraigadas em nosso mundo mental, que nos rege em nosso pensar.
Na prática, reclamamos de não ser possível hoje em dia, criar-se um vínculo amoroso bom, amizades fortes que poderiam ter efeitos muito saudáveis pra nós, mas caímos sempre no mesmo lugar (em que nos colocamos ), o de que ninguém é confiável, e por isso nos protegemos atrás do "escudo" da timidez, da ansiedade, da indiferença, da desconfiança e tantas outras. Veja que desta forma, nos colocamos distantes do que queremos.

Todos nós precisamos vivenciar vínculos afetivos de qualidade, vínculos fortes, profundos, e não só precisamos sentir que somos aceitos, mas precisamos também sentir afeto espontâneo pelas outras pessoas que nos cercam. Criar vínculos de qualidade e usufruir de uma vida melhor, estes são os resultados buscados (e conseguidos) no desbloqueio destes padrões psíquicos.

Libertar-se assim destas crenças, que geram em nossa vida um tipo de auto-sabotagem. Entender o que se passa conosco, autoconhecer-se, e localizar onde se situa esse medo, qual o sentido destes bloqueios, (pois cada ser humano é único) é um trabalho árduo e trabalhoso, mas sempre compensador pois traz uma condição melhor na vida afetiva, e muito mais qualidade. Não importa a idade, classe social, o momento de vida que esteja atravessando, sempre é possível e necessário iniciar o processo de mudança.

Autor: Roberto Dantas

Crueldade e Injustiça, Intolerância e Opressão

Autor: Renan Rodrigues Gonçalves

Vamos pensar um pouco.. Têm alguma coisa errada com o mundo, com o sistema, sempre têm alguém que fala, fala demais, mas existem aqueles que não quer que nós falamos a vocês, fazem de tudo para que nós calem a nossa boca. Eles fazem isso, porque as palavras sempre têm o poder, palavras podem fazer com que as pessoas saibam a verdade [...] E a verdade é que têm sim, alguma coisa de errada com esse planeta, nada faz sentido. Crueldade e Injustiça, Intolerância e Opressão são as armas que eles usaram para passar medo ao telespectador, o povo reagiu a isso, queriam uma solução para esse problema, o problema foi resolvido fácil, claro a solução veio daqueles que criaram o próprio problema, aquele velho plano Problema-Reação-Solução, eles resolveram colocar câmeras nas ruas, em cada esquina têm uma câmera de vigilância (The Big Brother), se antes você tinha liberdade de impor, pensar e falar quando você quisesse, mas agora vocês têm câmeras, censores, vigilância na internet, eles sabem quem é você, através de seus cadastros de hotmail, orkut, twitter ou facebook.

Agora, todos se perguntam, Quem é o culpado ? Como isso foi acontecer ? Há sempre alguém mais culpado que os outros e eles vão arcar com as consequências pelo que fizeram, mas temos que ser realistas neste momento, se vocês procuram quem são os culpados, sugiro que vocês se olhem no espelho agora. Sabemos porque nós fizemos isso, sabemos que tinhamos medo, afinal, guerra, doenças, violência, quem não teria medo ? Uma série de problemas se juntaram, eles fizeram isso, para corromper sua razão e afetar sua mente.

O medo dominou a cabeça das pessoas e esse foi desse sentimento que eles conseguiram o controle, cada mais eles dominavam o cérebro o humano, usaram o terror, criaram doenças, fizeram guerras, e o ser humano resolveu apelar, pelos presidentes, prometeram paz e ordem, ou seja, vendemos nossa liberdade para os "iluminados" dos sistema.

Nós, que divulgamos notícias, documentários e etc.. Queremos lembrar ao mundo que a liberdade, justiça e imparcialidade, são mais do que meras palavras, são perspectivas. Então, quando nós falamos isso, qual foi a reação de vocês ? Eles são malucos, é ridículo pensar assim, alguém jamais faria isso conosco!. Vocês pensam assim, porque eles já têm o controle do seu cérebro, você pensa que está seguro, que é livre, mas não é, está longe de ser livre e etc. As pessoas não fazem idéia dos horríveis crimes que os poderosos do dinhero fazem com esse sistema de controle.

Agora, se vocês veêm o que nós vemos, sintam o que nós sentimos e se buscam o que nós buscamos, estamos pedindo para que você, desligue sua Tv e que se juntem á nós, para que nós possamos tirar essas pessoas sem sentimento algum do poder que eles têm.

http://www.imagensgratis.com.br/imagens/original/paisagem.jpg
"Toda a verdade atravessa três fases: Primeira, é ridicularizada; Segunda, é violentamente contrariada; Terceira, é aceita como a própria prova" - Arthur Schopenhauer

4 de fevereiro de 2011

O final da ditadura egípcia atemoriza Israel

Créditos do site: ProvaFinal

http://ivarfjeld.files.wordpress.com/2010/11/netanyahu-peres.jpg

Tel Aviv observa com preocupação como a população egípcia está a ponto de derrubar seu principal aliado regional.

Durante mais de 20 anos, Israel não teve que preocupar-se com seus vizinhos do sul. Depois dos Acordos de Camp David de 1978, nos quais Tel Aviv firmou a paz com o Cairo, os egípcios tornaram-se seu melhor aliado regional, um país que, ao invés de ameaçar-lhe, lhe ajudava a enfrentar grupos armados como o Hamas ou o Hezbolah com um ímpeto impensável em qualquer outro país árabe.

Não só compartilhavam Inteligência ou concordavam em permitir que barcos israelenses patrulhassem o canal de Suez: fecharam a faixa de Gaza do lado egípcio, seguindo as instruções do Estado hebreu e condenando assim a população de Gaza à miséria, boicotando qualquer tentativa de reconstrução. Inclusive, instalaram um muro subterrâneo de aço para tentar impedir – sem êxito – que os palestinos se abastecessem mediante o contrabando dos túneis.

Hosni Mubarak e seu atual vice-presidente, o chefe de espiões Omar Suleiman, se converteram no melhor sócio que podiam imaginar. Daí o pânico dramático que invade hoje aos israelenses enquanto assistem às últimas horas de seu único aliado regional junto à Jordânia.

Para Israel, Egito é o maior sócio estratégico depois dos Estados Unidos. O país tem contado com Mubarak para isolar ao Hamas, o movimento islâmico no poder na Faixa de Gaza, boicotado pela comunidade internacional e abandonado pelos árabes após ganhar as eleições de 2006; também para prender aos militantes do Hezbolah que tratavam de atuar desde o território egípcio. Tem sido o melhor aliado na particular batalha israelense contra a Síria e o Irã: o Cairo disputa com Riad (cidade da Arábia Saudita) a liderança sunita regional, e como tal está em desacordo com os xiitas no poder daqueles dois países. E há décadas tem sido usado para financiar a liquidação dos islâmicos que atentaram contra turistas, que mataram ao anterior presidente, Anuar al Sadat, precisamente por firmar a paz com Israel e que rechaçam sobre todas as coisas ao Estado hebreu.

O Egito havia se consagrado como um baluarte imprescindível em meio a um entorno hostil. Por isso Israel tenha muito a perder nesta primavera árabe que tanto entusiasma a meio mundo. “De pronto, Israel se vê na posição mais perigosa que já esteve desde 1948 (data da criação de seu Estado)”, explica ao Periodismo Humano Nicholas Noe, diretor do serviço de traduções árabes Mideastwire e autor do livro A voz do Hezbolah. “Ao seu redor está florescendo uma série de atores não oficiais, de movimentos e de situações opostas à política de Israel e, inclusive, à sua mera existência”. A consequência do que ocorre no Egito é que Israel será menos segura e menos estável”.

Para minimizar este risco, no fim de semana passado Tel Aviv enviou cartas rapidamente ainda que de forma desesperada. Segundo o diário Haaretz, o Ministério de Assuntos Exteriores israelense pediu, no sábado passado, a seus embaixadores nos EUA, Canadá, China, Rússia e vários países europeus que pressionem às autoridades de seus respectivos países ressaltando a importância que tem para Israel manter o regime autocrático de Mubarak, mesmo que pese a seus 80 milhões de habitantes. O problema é que a população egípcia não atua em coordenação com o Ocidente: mas atua contra e apesar das políticas do Ocidente, que tem protegido a ditadores como Mubarak apesar das violações flagrantes dos Direitos Humanos que seus sistemas incorrem só para manter seus interesses.

“Não é só o Egito. Na Jordânia, os Irmãos Muçulmanos e os palestinos vão ganhar com esta situação, inclusive se não houver mudanças significativas Síria permanece estável e no Líbano está se formando um governo vinculado ao Hezbolah. De pronto, Israel está rodeado de agentes hostis. Muita coisa mudou desde a Conferência de Madrid, quando a maioria dos árabes foi favorável ao compromisso com Israel: 20 anos depois, a lógica mudou dramaticamente”.

O primeiro ministro, Benjamim Netanyahu, afirma seguir os acontecimentos no país dos faraós com “vigilância e preocupação”. O presidente Shimon Peres vai mais além, admitindo que “sempre tive e tenho um grande respeito pelo presidente Mubarak” e afirmando que “uma oligarquia fanática religiosa não é melhor que a falta de democracia”. Com suas palavras insinua que a revolução egípcia tem como último objetivo instaurar um regime islâmico ao estilo iraniano – uma ameaça escutada nestes dias –, mas a realidade é que os Irmãos Muçulmanos, sunitas, só têm se somado às manifestações de maneira particular e que tem delegado a Mohamed El Baradei, Prêmio Nobel da Paz 2005, pouco suspeito de radicais islâmicos, toda negociação com o regime. Tudo faz indicar que El Baradei será o homem que liderará a transição egípcia.

Os Irmãos Muçulmanos, de grande peso na classe baixa egípcia, emitiram ontem um comunicado para esclarecer sua postura a respeito. “Esta revolução não tem nada em comum com o Irã. Egito nunca será como Irã. Respeitamos todos os acordos de paz firmados com todos os países do mundo”, disseram em referência aos acordos de paz com Israel. Egito, junto com a Jordânia, são os dois únicos países árabes que têm relações com o Estado hebreu, uma vez que a Mauritânia anulou seus acordos diplomáticos no início da ofensiva de 2008 contra Gaza. “Esta revolução é dos egípcios, de toda idade e condição, não dos Irmãos Muçulmanos. Nossos membros tem se somado como indivíduos”, recordam desde a organização islâmica egípcia

“A experiência em revoluções diz que nunca sabes o que vai sair delas”, opina Alastair Crooke, diretor do think tank (organização que produz pesquisas) libanês Foro para a Resolução de Conflitos, encarregado de aproximar pontos de vista entre o Ocidente e o Oriente. “A do Egito não tem por quê ser a revolução iraniana”, acrescentou. “Mas, sem dúvida, faz que Israel se sinta isolado. É uma mudança sem precedentes que fará que já não se sinta seguro porque o entorno de governos aliados e pró-ocidentais está mudando”.

Crooke, mediador nos conflitos da Irlanda do Norte, África do Sul, Colômbia ou o do Oriente Próximo (1997-2003) e autor do livro Resistência: A essência da revolução islâmica, considera que os bombardeios israelenses contra Gaza em 2008 são um fator decisivo na hora de entender o mal estar dos protestos de rua egípcios. Mubarak não só não condenou a matança dos palestinos, mas fechou sua fronteira com a faixa durante toda a ofensiva, deixando passar com conta-gotas até mesmo aos médicos e impedindo que a população civil escapasse das bombas. “Os egípcios nunca aceitaram essa política. Aquelas imagens afetaram a todos os egípcios, salvo Mubarak. Isso é algo que terá que mudar tanto se permanecer o regime de Mubarak quanto se mudar: o novo governo terá que preocupar-se em resolver o impacto da Operação Chumbo Duro na população”.

É uma realidade que o povo egípcio não simpatiza com Israel, com quem travou quatro guerras desde a criação do Estado hebreu: em 1948, 1956, 1967 e 1973. Não podem mais que transitar pelos resorts turísticos do Sinai egípcio: em alguns deles os turistas israelenses não são admitidos. A isto soma-se que o mais provável líder de transição, Mohamed El Baradei, é observado com muito receio em Tel Aviv dado que, desde seu posto à frente da Organização Internacional para a Energia Atômica, denunciou com especial afinco a dupla medida internacional que levou a perseguir o Irã por suas pretensões nucleares e, ao mesmo tempo, nem sequer solicitava a Israel que seu programa atômico fosse supervisionado pelos inspetores de sua organização. Também foi contrário à invasão do Iraque.

Egito compartilha com Israel 250 quilômetros de fronteira em pleno deserto, que os agentes de Mubarak fecharam para impedir que a imigração africana afete a seu vizinho do norte. Além disso, seu Exército há anos concentra seus esforços em outras frentes: as milícias palestinas, especialmente em Gaza; as muito mais temíveis do Hezbolah na fronteira libanesa; Síria e Irã, seu mais sério inimigo.

Mas as preocupações de Israel não são só em matéria de segurança, se bem que estas são as mais importantes. Além disso, Israel importa 40% do gás natural que consome desde o Egito através da tubulação de gás Leste-Mediterrâneo, uma companhia israelense-egípcia. Ambos países firmaram em 2005 um contrato que mantém esta colaboração durante 20 anos. Ainda, os acordos de comércio bilaterais chegaram a mais de 500 milhões de dólares em 2010.

E isso não é o pior: se o contágio das manifestações a Jordânia terminar em eleições livres, os partidos islâmicos na oposição chegariam ao poder provavelmente desejosos de revisar as relações com o sócio israelense. E o monarca Abdallah II parece disposto a aceitar a qualquer coisa para garantir a sobrevivência da instituição.

Nenhuma mudança no Egito significa que os acordos de paz devem ser abolidos, nem que a revolução vai acabar com o status quo na Jordânia, enquanto outro está sendo exportado, mas o editorial do jornal Haaretz de ontem já solicitava ao Executivo israelense que mude a sua política para evitar ficar completamente isolado em uma região que lhe é hostil desde a sua fundação como Estado.

O jornal progressista indicava que Israel deve “preparar-se para uma nova ordem regional” e criticou Netanyahu por preferir “os tiranos que permanecem longos anos no poder” como “o mal menor”. Em vez de “refugiar-se no conhecido, no habitual onde ‘não tem ninguém com quem falar ou em quem confiar”, deve se adaptar a uma realidade em que os cidadãos dos Estados árabes, não apenas os tiranos, influenciam na trajetória de seus países”. Até o comentarista Sever Plock criticava, nas páginas do jornal direitista Yediot Ahronot, que “Israel é dominado pelo medo da democracia, não aqui mas em países vizinhos”, “apesar de nunca ter orado para os árabes se tornarem democracias neoliberais “.

02/02/2011

Mónica G. Prieto

Periodismo Humano

Fonte: Brasil de Fato

A "revolução" egípcia - A manipulação para justificar a rebelião

Créditos de tradução: Blog Wake Up!

Como o levante popular contra a corrupção, a opressão e a pobreza está sendo guiado pela mão oculta


Ei Egito - não tem esse homem a qualquer preço

...ou esses caras também.

Nota: (escudo da irmandade muçulmana, que está por trás de varios movimentos "radicais" islamicos, arabia saudita, paquistao, etc.. financiados pela mesma irmandade no topo da piramide).


O povo da Tunísia e do mundo árabe estão cansados da corrupção, o preço elevado dos alimentos básicos, desemprego, pobreza e opressão. A rebelião é completamente compreensível e há muito esperada. Mas é por isso que é tão importante ser informado das ruas sobre como o mundo é controlado e manipulado e para que fim. Sem que pessoas - pelo menos não as que protestam - sejam apenas criancinhas nos braços.

Alguns pontos a observar:

* As redes de Rothschild-Illuminati-sionistas têm mantido estes tiranos árabes década no poder com apoio político, financeiro e militar década após década - não menos importante, através dos seus vassalos privilegiados, a Grã-Bretanha e os Estados Unidos.

* As mesmas redes são responsáveis pela queda da economia mundial através do seu cartel bancário, que piorou dramaticamente os níveis de desemprego, pobreza e privação, e eles também são responsáveis pelos saltos fabricados no preço dos alimentos e do petróleo para espremer o povo ainda mais.

* À algum tempo expliquei o plano dos Rothschild-Illuminati-sionistas de criar desordem, caos e revolta nos países árabes do Oriente Médio para desencadear a violência e divisão para se adequar as metas do Estado propriedade Rothschild de impostos - Israel.

O agente Rothschild, Mr. "maldade" Henry Kissinger, confirmou a agenda nesta semana, quando disse sobre o que está acontecendo no Oriente Médio: "Esta é apenas a primeira cena de um drama que está começando a se desenrolar.

Então é isso.

3 de fevereiro de 2011

Tensão no Egito..

Matéria Retirada do Site: ProvaFinal

Sem surpresa, os agentes provocadores a soldo do poder e, talvez, forças pró-NOM provocaram um início de guerra civil no Egito, principalmente na praça simbólica de Tahrir onde coquetéis molotov, pedras, paus, machados e até disparos opõem milhares de pessoas.

Vídeo:



Vídeo (Inglês): Caos e cenas guerra civil praça Tahrir (Libertação do Cairo – CNN por Youtube)

O Mundo Não é Um Mar de Rosas...

Autor: Renan Rodrigues Gonçalves

Ao decorrer da nossa vida, nós percebemos uma coisa. O ser humano na infância é uma pessoa e na vida adulta é outra. Ele (a) cresce bem e admirável, é um privilégio ver as crianças crescerem, lutam pelo o que querem e etc... [...] Mas ao longo da vida dele, parece que chega em um momento em que ele deixar de ser ele mesmo, ele deixa ser o que ele realmente era, ou seja, uma pessoa sem medo e que não dava a mínima para o que as pessoas diziam. Agora, ele (a) deixa as pessoas botarem o dedo na sua cara e dizer que você não é bom naquilo que você faz e quando as coisas ficam difíceis, ele (a) procura alguém para botar a culpa, como se fosse uma grande sombra. Melhor dizendo, essa pessoa, ficou com medo de ser ela mesma, ficou com medo de expressar sua opinião, enfim praticamente aquela pessoa execelente e maravilhosa se apagou do universo.

O mundo infelizmente não é um mar de rosas, onde tudo é perfeito, temos oportunidades e as pessoas são felizes e não têm fome e miséria. Não o mundo não é assim, infelizmente é um lugar ruim e asqueroso, onde um pequeno grupo de famílias, sem sentimento algum dentro delas, onde ele só pensam neles mesmos, é eles e o grupo deles e outro é o resto e o resto somos nós. Não importando o quanto você é um "durão", a vida sempre vai te deixar de joelhos e jogado no chão e você vai permanecer assim se não reagir.

Nem eu, nem você e nem ninguém vai bater tão duro quanto a vida, mas temos que pensar diferente, a vida não se trata de bater forte sempre, não é só ganhar, não é assim que se conquista alguma coisa, por exemplo, Você conseguio se tornar um grande executivo e ganhou muito dinheiro, mais ao decorrer do caminho, você passou para trás aquelas pessoas que sempre te apoiaram, humilhou seus "adversários". Não é assim, ele (a) não conquistou a vitória na vida, ele conquistou a burrice eterna. A nossa vida se trata do quão forte você é atingido e você continua seguindo em frente, você não pode deixar as pessoas apontar na sua cara e dizer que você não é bom em nada, você tem que se levantar e dizer Não, eu acredito sim que vou conseguir aquilo que eu mais quero e vou lutar até o fim, com humildade e amor naquilo que
faço.
É assim que a vitória é conquistada.

Se você sabe o seu valor, então vai conquistar o seu valor, mas você tem que estar pronto para ser atingindo e quando for atingido, você não pode ficar culpando as pessoas, dizendo que não está onde queria estar, por causa dele ou dela. Só os covardes fazem isso e o ser humano não é nenhum covarde, somos melhores do que isso. Você cria sua realidade, não pode ficar dependendo dos outros, se você quer realizar seu sonho, corra atrás dele, porque com certeza, se você lutou por isso, mantendo a cabeça erguida e não desistindo, você vai conquitá-lo.

http://krolzinha_smile.zip.net/images/nascerdosol.jpg

"Nossas vidas não se trata do quão duro nós podemos bater, ela se trata do quanto nós somos atingidos por ela e continuamos seguindo em frente, de cabeça erguida e sem medo."-

Renan Rodrigues Gonçalves

2 de fevereiro de 2011

Somos Tão Culpados Quanto Eles...

Autor: Renan Rodrigues Gonçalves

Algumas pessoas acham que não são culpadas de nada, acham que os grandes culpados pelo nosso sistema e sociedade está ruim, é por causa do governo e presidentes. Vamos pensar, você acha mesmo que não existe ninguém acima deles ? Pensa bem antes de responder essa pergunta. Os verdadeiros culpados pela sociedade ser tão hipócrita, consumista e escravizada, somos nós mesmos, todo mundo concordo que tudo ficaria bem, estariamos em paz, se alguma pessoa, estivesse governando seu país.

Todos os dias, nós damos mais e mais poder á eles (A família Rockefeler e Rothschild e etc..), a cada dia que compramos, trabalhamos, nós sustentamos eles, damos á eles mais poder de controle. Tudo não passa de controle da mente, é mente humana é tão poderosa, que nós nem imaginamos o poder que ela têm, mais quando um grupo de pessoas altamente poderosa, controla ela, não passa de um lugar vazio.

O cérebro humano foi progamado para só se preocupar com as coisas que eles acham que devemos nos preocupar, como por exemplo, escola, trabalho, reproduzir e dormir. Se nós deixarmos eles no poder por mais tempo, só vai restar a miséria e a lamentação. Mas sempre existe uma escolha, se cada um de nós, desliga-se sua tv, rádio e pesquisarmos sobre quem são eles, como funciona o sistema de controle da mente, sobre como eles controlam o clima e como eles passam medo e ignorância para quem presta atenção na mídia.

O sistema deles quebra e nós tiramos eles do poder, vejam como é tão simples vencer eles e o melhor, nenhuma gota de sangue é derramada. Se nós agirmos assim, com certeza, tiramos eles do controle e a humanidade é quem vai controlar e ter o controle sobre nosso destino.

Mas isso só vai funcionar se todos nós colaborarmos com essa revolução, não podemos continuar sustentando eles, a nossa vida é uma escolha entre o medo e o amor. Nós seres humanos, somos o que pensamos, o mundo é aquilo que nós pensamos. Se nós pensarmos em consumir, trabalhar, dormir, reproduzir, o mundo é o que é hoje. Agora se nós pensarmos em levantar, dizer não a Nova Ordem Mundial, tirar os "iluminados" do poder, nós, com certeza vamos vencer essa guerra e a humanidade vai seguir seu destino e o mais importante, vamos ser felizes e vamos viver em paz.

http://www.imagensgratis.com.br/imagens/original/imagem-do-paisagem.jpg
"Nada no mundo é mais perigoso que a ignorância sincera e a estupidez conscienciosa" - Martin Luther King, Jr.

"Os governos são as sombras lançadas pelas coorporações sobre a sociedade" - John Dewey